Câmara de Sento Sé perde prazo para julgamento das contas de Ednaldo Barros; ex-gestor consegue sinal verde para disputar próximo pleito

Redação

A Mesa Diretora da Câmara Municipal de Sento Sé está colocando hoje (22) em votação as contas do ex-prefeito Ednaldo Barros (PSDB) referente ao exercício do ano de 2016. A casa legislativa recebeu as contas do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), em 20 de maio deste ano, e com isso, teria o prazo máximo de 60 dias para julgar as mesmas de acordo a lei.
Ao arrepio de lei, a Mesa Diretora decidiu colocar em apreciação e votação com 94 dias. Diante do impasse, o ex-gestor entrou com requerimento na secretária da Câmara Municipal solicitando a suspensão do julgamento das mesmas por decurso de prazo. Por sua vez, os vereadores de oposição que são cinco, apresentaram ao mesmo tempo outro requerimento à Mesa Diretora solicitando suspensão do julgamento.
As contas do ex-gestor Ednaldo Barros foram rejeitadas, sendo que o parecer do tribunal termina prevalecendo, e com isso, Ednaldo não ficará inelegível para as próximas eleições. A Câmara pode votar as contas, mas devido as determinações prevista na Lei Federal, ela será nula.



FONTE: acaopopular


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.