Graves denúncias abalam direção do SAAE de Sobradinho

Da Redação
Continua repercutindo na região as graves denuncias envolvendo o diretor executivo do Serviço de Água e Saneamento (SAAE) de Sobradinho, Marcelo Jacaré, em possíveis casos de improbidade administrativa.
Depois da demissão do funcionário Rubenaldo Ferreira, por questões políticas, o fato causou grande polêmica na cidade com denúncias destacadas na imprensa e redes sociais.
A reportagem do AP obteve acesso a um áudio gravado pelo ex-servidor Rubenaldo, onde o mesmo revela fatos lamentáveis orquestrado pelo diretor Marcelo Jacaré.
O diretor do SAAE, Marcelo Jacaré, fazendo exaltação em piscina de sua chácara com a população sofrendo para pagar valores abusivos relacionado ao aumento do liquido em 32%
“Ele abandonou o cargo de vereador para ocupar a cadeira no SAAE. Hoje tem um cabide de emprego dentro da empresa, pegando lideranças que faziam parte de outro grupo (…) Ele está tirando funcionários do SAAE para trabalhar em sua chácara como pedreiro e ajudante. Ele já construiu um mansão com piscina e agora está construindo uma casa,” revelou.
Até liderança petista é apresentada em fotos nas redes sociais ao lado de Marcelo Jacaré em sua mansão com propaganda política antecipada

Em outra parte da gravação, Rubenaldo afirma o suposto desvio de material da empresa, com a conivência de funcionários contratados.  “As ferragens e armações são compradas e feitas pelo SAAE. Este material está sendo transportado por veículos da própria empresa por funcionários. Esta semana levaram uma carrada de tijolos para chácara dele”.
A gravidade das denúncias vão mais além. “Marcelo não paga diária de pedreiros e todos recebem pelo SAAE, e ainda estão trabalhando como escravo”.
“(…) Tem pessoas que recebem pela folha e não pisam no SAAE. A chácara está sendo construída na Tatauí 3, depois da pista que vai para Sento Sé”, completou. O ex-funcionário reforçou a denuncia sobre possível caso de improbidade. “Ele já construiu a casa com eletricista, pedreiro, ajudante encanador, todos da empresa. Ele tem um irmão que trabalha no SAAE ganhando R$ 3.300,00 sem fazer nada juntos com outras pessoas”.
A reportagem tentou contato com o diretor Marcelo Jacaré e não conseguiu.
Mais problemas    
Nesta quinta-feira (03) está sendo programada uma manifestação na Câmara de Vereadores por pessoas da comunidade que estão revoltadas com os graves problemas que estão ocorrendo no SAAE, inclusive, segundo elas, por está acontecendo fatos chocantes a exemplo do aumento da extensão da rede de abastecimento até a chácara do diretor da autarquia, e ainda assim, sem o conhecimento da população de que o consumo do liquido esteja sendo pago.
Outro fato grave que chocou a população foi o reajuste do consumo de água em 32%. Para alguns moradores mais antigos da cidade, nunca na história do município aconteceu este tipo de fato. Neste caso, a direção do SAAE deveria acompanhar as regras de reajuste baseada pelo INPC, que é o acumulado do ano, sendo que o mesmo não ultrapassou 4%.
Ainda segundo os próprios moradores, Jacaré não apresentou qualquer tipo de justifica referente a questão de despesa para aplicar esse reajuste. Diante da gravidade do fato, o empresário e pré-candidato à prefeito pelo município Júnior Foguetão ingressou com ação na justiça solicitando a suspensão do reajuste.
Ainda com relação as denuncias no SAAE, representações estão sendo encaminhadas ao Ministério Público, justiça e Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), pois o atual gestor da autarquia pode sofrer graves sanções, impossibilitando, talvez, a sua candidatura de prefeito.

FONTE: acaopopular

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.