Remanso: “Zé Filho se sustenta na ignorância. É Inimigo da educação”

Da Redação


O advogado, líder político e pré-candidato a prefeito de Remanso, Marcos Palmeira, voltou a falar sobre educação nesta terça-feira (28/07).

“A educação é o melhor caminho para mudar a vida das pessoas” – disse em conversa com jovens que estão se reunindo para buscar alternativas de desenvolvimento para Remanso – “Os resultados da educação de Remanso são a consequência de um gestor que se importa mais com seus amigos empresários do que com os trabalhadores, um gestor que coloca seu projeto pessoal à frente de tudo e descuida dos alunos e professores”

Marcos Palmeira exemplifica com o IDEB, o índice de desenvolvimento da educação básica no município: “O índice de Remanso tem ficado abaixo das metas ou se desenvolvido tão pouco que ainda se mantém quase no mesmo patamar de 2005. São quinze anos perdidos. Nossa juventude está perdendo as oportunidades em um mundo cada vez mais competitivo ”.

Para Marcos Palmeira “as constantes denúncias, as ameaças a professores, insatisfação dos alunos, as reformas eleitoreiras sempre às vésperas das eleições, são a prova que Zé Filho não dá importância à educação”.

Marcos Palmeira enumerou quatro dos principais pontos que demostram o desapreço de Zé Filho com a educação. Os dois primeiros têm a ver com irresponsabilidade e má gestão e os últimos chegam a ser caso de polícia:

1) “Desde 2002 há um Plano de Cargos e Salários dos Trabalhadores em Educação que Zé Filho não colocou em prática e nem cumpriu em 8 anos de mandato”

2) “A remuneração do professor foi achatada ao longo destes anos e para completar, Zé Filho recebeu e não repassou a parte do dinheiro dos precatórios que é de direito dos professores. Nossos Professores deixaram de receber 24 milhões de reais em 10 anos. Foram DOZE MIL REAIS que Zé Filho deixou de repassar para cada professor ”.

3) “Zé Filho Falsificou uma folha de pagamento inteira e não pagou aos professores em dezembro de 2018. A denúncia foi feita e esperamos que a investigação da Polícia puna o responsável”

4) “Zé Filho não pagou a progressão salarial dos professores. As educadoras e educadores precisaram entrar na justiça para receber o que eles têm direito”

 “Zé Filho aposta na ignorância, no medo e na dependência. Maltrata professores, despreza a comunidade, os pais e os alunos.   É um inimigo de toda forma de educação e de valorização do cidadão” – encerra Marcos Palmeira.

FONTE: acaopopular.net

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.