SENTO SÉ: SEM COLETA REGULAR, LIXO FICA ACUMULADO NA ÁREA INTERNA DO HOSPITAL LOCAL

Rua Dr. Eunápio Peltier de Queiroz
Colégio Estadual Dr. Juca Sento Sé

Esquina do Colégio Dr. Juca Sento Sé
Av. Raul Alves de Souza
Imagem ao lado do portão de acesso à parte interna - imagem fechada
Foto: Osiel Amaral

Alguns moradores transeuntes flagraram hoje (23) pequena montanha de lixo na porta do Hospital Municipal e sujeiras dentro do muro.
A tão pequena e mal tratada cidade de Sento Sé, na região norte do Estado da Bahia, com um orçamento estimado em mais de 122 milhões de reais ano, sem contar com os milhões de reais oriundos dos projetos de Energia Eólica e receitas próprias (Não publicadas para conhecimento público”continua sem sorte em termos de gestão municipal. A “salvadora da Pátria” que prometia “arrumar a casa” parece ter encontrado formula para “desarrumar ainda mais”.  Ao que parece não há falta de pagamento da empresa Vale e aos proprietários de caminhões e caçambas particulares contratadas para fazerem a limpeza pública. O problema parece mesmo ser de gestão. A falta freqüente da gestora no município,  nunca entrou no prédio da prefeitura que há mais de treze meses passa por uma interminável reforma de fachada e ainda gasta milhares de reais todo mês com o  aluguel de uma super casa residencial para servir de gabinete e alimentar vaidades. Um idôneo servidor que não quis se identificar temendo retaliações, disse que a gestora e seu esposo pouco aparece. Fica o tempo todo em Juazeiro e de lá mesmo faz os despachos, assina documentos, dar às ordens, etc. Enquanto isso a população sofre com determinados serviços oferecidos causando transtornos à população como é o caso de dezenas de pequenas, médias e grandes montanhas de lixões espalhados em toda a cidade e comunidades do interior e até o absurdo dentro da área interna do Hospital. As pessoas merecem respeito. Nesta terça-feira (23), moradores e transeuntes flagraram o acúmulo de lixo em frente ao Hospital Municipal de Sento Sé. Estivemos no local e averiguamos a veracidade da informação. Acreditamos que os serviços não estejam suspensos.
Esperamos que a administração municipal tome as devidas providencias considerando que recursos não faltam, quase que diariamente milhares e milhares de recursos caem religiosamente nas contas da Prefeitura Municipal. Façam reuniões com os responsáveis pela varrição, coleta, transporte de lixo para tentar solucionar o problema em breve.

Desculpas! Hoje podemos dizer: Sento Sé – Cidade lixo

IMAGENS GERADAS HOJE (23) LIXOS ACUMULADOS DESDE A SEMANA PASSADA:


Próximo ao Hotel Esplanada ( Assessor Roberto)
Av. Dr. Raul Alves 
Lixo, sujeira e mato - Em frente ao Depart. Cultura.
e tem muito mais....aguarde!


E ATENÇÃO:

Hoje (23) a proposito três servidores da Limpeza pública por volta das 10h42min iniciaram a varrição da Av. Dr. Demóstenes Nunes Sento Sé com extensão total de aproximadamente 600 metros lineares. O impressionante é que a varrição  total e a apanha do lixo por um outro servidor com um carrinho, não durou 22 minutos todo o percurso até a chegada na sede da Vale ao lado da Câmara.  

PONTO DE VISTA: I

"...dizia os antigos: Serviço Seboso (indesejável) ou labrogeiro"

PONTO DE VISTA II

Se a Ascom quiser justificar o injustificável com palavras vazias, o espaço está aberto.






Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.