'Há uma ausência de norte na educação do Estado', critica secretário Bruno Barral


O secretário de Educação de Salvador, Bruno Barral, fez duras críticas à Educação estadual. Para ele, há uma "ausência de norte".Segundo ele, nos últimos anos, todas as escolas construídas na capital foram feitas pela prefeitura.  

"Lamento a ausência de norte em cima do estado. Se você for observar o governo do estado em relação à educação, passou durante todos esses anos sem saber para onde vai. Se você não sabe para onde vai, qualquer caminho serve. Vive a noção de que você está fazendo algo que não está construído nada. Então, desde 2005 para cá, o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica no estado, é 2.7, 2.8. Isso é vexatório tanto para os anos inicias quanto para o ensino médio. A Bahia tem a pior distorção idade-ano do Brasil. É um dos estados com maior evasão. O governo precisa construir um ambiente escolar. Não foi construído", afirmou, em entrevista à Tribuna.

Barral ressaltou que não é contra o fechamento de escolas estaduais. O secretário estadual de Educação, Jerônimo Rodrigues, disse que, na verdade, há uma restruturação (reveja aqui).

"Vejo que eles estão fechando algumas unidades buscando eficiência. Isso é comum na gestão se fazer. O Jerônimo deve estar buscando algo nessa linha. Não conversei com ele sobre o assunto, mas vejo que é um sujeito que está preocupado em dar um norte", pontuou. 

BN

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.