Contra a Previdência de Rui, policiais civis e penais param por 48h a partir desta segunda

Em protesto contra a reforma da Previdência proposta pelo governador Rui Costa (PT), policiais civis e penais param por 48h a partir desta segunda-feira (27).
A decisão foi tomada após assembleia unificada entre as duas categoriais realizada na última terça (21), no auditório do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário da Bahia (Sinpojud), no bairro de Nazaré, em Salvador.
Na semana passada, o presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários (Sinspeb), Reivon Pimentel, destacou que o tripé da Segurança Pública do estado é composto pela Polícia Civil, Polícia Militar e Polícia Penal, esta última responsável por garantir a segurança das unidades prisionais e a custódia dos apenados do Sistema Prisional baiano.
FONTE: politicalivre

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.