REGIÃO: DESASTRES ADMINISTRATIVOS NAS PREFEITURAS DA REGIÃO

Remanso: TCM acata denúncia e Zé Filho pode até ser preso

Por: Manoel Cavalcanti Leão
O desvio de uma folha de pagamento inteira, em dezembro de 2018, do pessoal da educação no município de Remanso, dada e quitada como paga e da qual nenhum professor ou servidor da educação municipal viu um tostão, virou denúncia que foi acatada pelo Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia e pode levar Zé Filho, o prefeito atual, à cadeia.
No último dia de expediente, 30/12/2019, às 12:07, foi aberto o processo 17412e19, resultado de uma denúncia formulada pelo advogado e líder político Marcos Palmeira, em nome dos servidores da educação. O processo detalha, de forma incontestável o procedimento criminoso de Zé Filho para desviar dinheiro dos servidores: Primeiro ele copiou uma folha, com valores dos rendimentos de cada servidor da educação, sem descontos. Enviou esta folha ao banco e emitiu uma ordem de pagamento. Assim que teve nas mãos o comprovante da ordem, cancelou. Então a folha foi para o banco e ficou sem pagar e ele tinha um comprovante, que anexou à prestação de contas, mostrando que tinha transferido o dinheiro para o banco.
Simples assim e feito de forma temerária, como ele sempre faz, já que repete para quem quiser ouvir “isso não dá em nada. É chororô da oposição”.
Desta vez, com todos os olhos da Justiça voltados para a Bahia em razão das denúncias, afastamento de desembargadores e até prisão de juízes, não é possível que Zé Filho continue impune.
A mesma denúncia foi feita à Polícia Federal em Juazeiro, que ainda não se pronunciou.
FONTE: Acao popular

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.