Bahia pode ter 650 leitos de UTI sem médicos especialistas para atendimento

por Mauricio Leiro
Bahia pode ter 650 leitos de UTI sem médicos especialistas para atendimento
Foto: Reprodução / Matheus Oliveira / SES-DF
Muito tem se falado na quantidade de leitos de unidades de tratamento intensivo (UTIs) necessárias para atender a população durante a pandemia da Covid-19. Apesar do número de leitos ter crescido (veja aqui e aqui), o número de médicos especialistas que atuam nesse tipo de unidade é pequeno e 650 leitos deste tipo na Bahia ficarão sem médicos.
por Mauricio Leiro
De acordo com apuração do Bahia Notícias com o Conselho Regional de Medicina (Cremeb), levando em conta apenas a capital baiana, 310 leitos ficariam sem médicos especializados para atendimento. Já no interior do estado, a conta aumentaria para 340 leitos sem médicos intensivistas especialistas para realizar atendimento. Em média, a cada profissional, é recomendado o cuidado com 10 leitos de UTIs. 

Dos médicos existentes no estado, apenas 231 estão registrados no Conselho Regional como intensivistas. Sendo que 173 estão em Salvador (75%) e 58 no interior do estado (25%), distribuídos entre cidades como Vitória da Conquista, Lauro de Freitas, Feira de Santana, Santo Antônio de Jesus, Itabuna, Teixeira de Freitas, Ilhéus, Eunápolis e Barreiras.

A atuação em centros de tratamento intensivo é permitida através de curso de especialização, e regulado pelos conselho regionais de médicos, enfermeiros e fisioterapeutas.

Para os fisioterapeutas intensivistas, profissionais que atuam nesse tipo de unidade e são muitas vezes encarregados de praticar a "intubação", medida para auxiliar na respiração do paciente, bastante utilizada em casos graves da Covid-19, o déficit é de 100 leitos para a Bahia, de acordo com o Conselho Regional de Fisioterapia (Crefito7).

Os fisioterapeutas ainda estão subdivididos entre unidades de atendimento de adultos e neo-pediatria. Com 260 especialistas em unidades adultas e 70 em unidades neuropediátricas. A terapia intensiva para adultos conta com especialistas em Salvador, Irecê, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Itabuna, Porto Seguro, Lauro de Freitas, Guanambi, Juazeiro, Ilhéus, Urandi, Camaçari, Teixeira de Freitas, Eunápolis, Jequié e Valença. Já para a neo-pediatria os especialistas estão em Salvador, Feira de Santana, Irecê, Vitória da Conquista, Itabuna, Jequié, Lauro de Freitas e Alagoinhas.

Já entre os enfermeiros, no estado da Bahia existem 469 enfermeiras(os) e técnicas(os) de enfermagem registradas(os) no Conselho Regional de Enfermagem da Bahia (Coren-BA) com especialização na área de terapia intensiva.

BN

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.