Profissionais de saúde do Hospital Regional dizem que estão sem salário e sem condições de trabalho; direção nega a informação

Em tempos de pandemia do novo Coronavírus, os profissionais de saúde estão na linha de frente do combate à doença, que já matou milhares de pessoas pelo mundo. Por conta do contato direto com os pacientes, muitos deles já foram diagnosticados com a Covid-19.
Por conta dessa atuação e da dedicação diária com os demais pacientes, os profissionais vêem recebendo diversas homenagens em agradecimento. Porém, aqui em Juazeiro-BA, trabalhadores da saúde que atuam no Hospital Regional de Juazeiro, reclamam que não estão recebendo, sequer, os salários em dia e nem condições necessárias para desempenhar o trabalho.
“Estamos sem receber nossos pagamentos do mês de março e não existe nem previsão de quando a situação será regularizada. A direção do hospital não dá satisfações e o governo ainda não fez o repasse”, afirmou um profissional.
Ainda de acordo com a denúncia, os profissionais de Saúde estão trabalhando com Equipamentos de Proteção Indivíduos reduzidos.
“Estamos recebendo apenas duas máscaras por plantão. Ou seja, precisamos trabalhar cerca de seis horas com a mesma máscara. Além disso, apenas os profissionais que atual na Unidade de Terapia Intensiva, e que estão tendo contato com pacientes isolados com suspeita de Covid 19, estão recebendo as EPIs necessários para a proteção contra o novo coronavírus. Mas, nós, que trabalhamos em outros setores, estamos expostos”, afirmou outra funcionária.
O PNB encaminhou as denúncias para a direção do HRJ, que em nota negou as acusações.
“O salário encontra-se em dia e todas as medidas de precauções contra o COVID 19 ( novo Coronavírus) estão sendo devidamente adotadas, bem como todos os EPIS estão sendo disponibilizados aos nossos profissionais de saúde”, afirmou a direção do HRJ.
(Foto: HRJ)
A gestão do hospital informou ainda que os profissionais estão recebendo treinamentos contínuos voltados para a prevenção do novo coronavírus. 
“Além de criar o Comitê de Enfrentamento, profissionais participaram de capacitações de forma contínua onde os assuntos em tratados são: higienização correta das mãos com água e sabão, álcool em gel, aspectos gerais sobre a COVID19 como quadro clínico, exames diagnósticos, tratamento e uso correto de EPIs.  Na unidade Hospitalar todas as atenções estão voltadas para ações preventivas contra o vírus que ganhou uma notoriedade muito maior”, acrescentou a direção que destacou ainda que  “no Hospital Regional de Juazeiro os profissionais seguem protocolos padrões de atendimento a pacientes com suspeita ou caso confirmados de coronavírus (COVID-19) e as orientações do Ministério da Saúde com medidas de prevenção e controle para cada etapa de atendimento. E em todo esse processo o uso de Equipamentos de Proteção Individual são essenciais.”, concluiu.
Outras denúncias
Em 28 de janeiro deste ano, os profissionais do HRJ denunciaram que estavam com salários atrasados desde dezembro. Na ocasião, os funcionários afirmaram que por conta dos constantes atrasos salarias, muitos trabalhadores da unidade hospitalar enfrentam dificuldades para arcarem com seus compromissos.
Após as reclamações dos funcionários, o PNB entrou em contato com a SESAB, que informou apenas já ter feito os repasses à Organização Social, que faz a gestão da unidade. “A OS é a responsável pelo pagamento dos salários dos profissionais”, declarou o órgão na época.
No dia 03 de fevereiro, a Sesab realizou os pagamentos do mês de dezembro. (Veja aqui)


Da Redação/pretonobranco

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.