MPF avança em inquérito de respiradores e deve pedir prisões nos próximos dias

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil
Depois de quase um mês de investigação, a Polícia Federal prepara para os próximos dias uma operação mirando a compra de respiradores feita pelo governo do estado, em nome do Consórcio do Nordeste, no valor de R$ 49 milhões.
Os equipamentos, comprados via empresa intermediária, não chegaram e todos os estados do Nordeste tiveram prejuízos milionários.
De acordo com informações do site NE Notícias, uma apuração rigorosa está sendo feita no Ministério Público Federal (MPF) e nos próximos dias prisões preventivas devem ser pedidas ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), atual responsável pelo caso.

FONTE: politicaaovivo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.