Prefeito de Conquista sugere que governo está manipulando taxa de ocupação de UTI na cidade

Fotos: Reprodução / TV
O prefeito de Vitória da Conquista, Hérzem Gusmão (MDB), principal opositor do governador Rui Costa (PT) atualmente na Bahia, sugeriu que o governo estadual está manipulando a taxa de ocupação de leitos de UTI no município, enviando pacientes de outras regiões para esses leitos de forma a culpar a reabertura do comércio, autorizada pela prefeitura, pela elevação dos números.
Em vídeo publicado no Instagram, Hérzem Gusmão afirmou que somente uma parte mínima dos pacientes internados em UTI na cidade são de Conquista e, portanto, a taxa de 88% de ocupação, registrada na quarta-feira, não é culpa do comércio aberto na cidade.
“Ontem a taxa de ocupação de leitos foi elevada para 88%, mas somente 26% de conquistenses ocupam esses leitos. Eu não quero acreditar que o governo do Estado está deliberadamente mandando pacientes paca Conquista. Não tem problema, vamos receber nossos irmãos. Mas o governo do estado sabe que não é Conquista que está contribuindo para a taxa de ocupação de leitos”, disse o prefeito.
Ele continuou: “A taxa de ocupação de leitos não é provocada pelo comércio estar aberto, mas o governo, em função de que está começando a perder o controle sobre a Bahia, manda pacientes de outras regiões para Conquista. Vamos receber, mas não vamos permitir que Conquista seja penalizada”.
Gusmão acrescentou que a cidade continuará com o plano de reativação econômica, “com responsabilidade”.
O governo estadual ainda não respondeu às acusações do prefeito.
Veja o vídeo:
FONTE: politicaaovivo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.