81% das consultas por dinheiro esquecido não têm saldo a receber do Banco Central

 


Das quase 60 milhões de consultas por dinheiro "esquecido" em bancos realizadas em pouco mais de um dia desde a volta do SVR (Sistema Valores a Receber), 81,2% não têm saldo a receber, de acordo com dados divulgados pelo Banco Central nesta terça-feira (15).

Até as 12h, foram registradas 58,8 milhões de consultas referentes a contas de pessoas físicas. Desse total, 47,8 milhões de CPFs não possuem valores a receber. De 1,1 milhão de contas de pessoas jurídicas consultadas, 935 mil de CNPJs também não possuem saldo a ser resgatado.

A autoridade monetária estima que há cerca de R$ 8 bilhões de recursos "esquecidos" e, em uma primeira fase de saques, prevê a devolução de R$ 3,9 bilhões a 27,9 milhões de CPFs e CNPJs.

O BC criou um calendário de liberação das transferências bancárias, que varia de acordo com o ano de nascimento do cidadão ou da criação da empresa. Para fazer a consulta, basta informar o CPF e a data de nascimento ou CNPJ e a data de abertura da empresa.

Para data de nascimento ou de criação de empresa anterior a 1968, as transferências poderão ser solicitadas entre os dias 7 e 11 de março. Para data posterior a 1983, a liberação ocorrerá entre 21 e 25 de março. Há ainda um período de repescagem para quem perder a data definida.

Quando receber o agendamento, é necessário conferir se foi para o período de 4h às 14h ou de 14h às 24h. Se esquecer ou perder a data e o período agendados, basta fazer a consulta novamente para confirmar a informação. No caso de quem não voltar ao sistema no período definido, o calendário prevê uma data para repescagem.

FONTE: Bnews

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.